Meu último vídeo

terça-feira, 2 de abril de 2013

Dicas de Consumo e Saúde: Boas Práticas para Serviços de Alimentaçã


FATO
Com a proximidade das festas natalinas muitas pessoas procuram os serviços de restaurantes e bufês para fazer ou encomendar a sua ceia de Natal, ou até mesmo para outros tipos de comemorações, como confraternizações entre amigos e em empresas. É sempre bom ficar atento ao estabelecimento escolhido e observar se este segue as normas
de Boas Práticas para Serviços de Alimentação, que servem para garantir a segurança do alimento preparado, e assim prevenir a ocorrência de doenças transmitidas por alimentos (DTA). Essas doenças são provocadas pelo consumo de alimentos contaminados com micróbios prejudiciais à saúde, parasitas ou substâncias tóxicas e os sintomas mais comuns são enjôo, vômito e diarréia, mas podem também apresentar outros, como dores abdominais,
dor de cabeça, febre, alteração da visão, olhos inchados, dentre outros. Para adultos sadios, a maioria das DTA dura poucos dias e não deixa seqüelas; para crianças, gestantes, idosos e pessoas doentes, as conseqüências podem ser mais graves, podendo inclusive levar à morte. Por isso a importância do cumprimento das regras da vigilância sanitária, para prevenir, diminuir ou eliminar riscos sanitários.

CONCEITO
A Resolução da Diretoria Colegiada - RDC nº 216/04 da ANVISA estabelece as Boas Práticas para Serviços de Alimentação, incluindo padarias, cantinas, lanchonetes, bufês, confeitarias, restaurantes, comissarias, cozinhas industriais e cozinhas institucionais.
Essa legislação se refere às práticas de higiene que devem ser seguidas pelos serviços de alimentação, desde a escolha e compra dos produtos a serem utilizados no preparo dos alimentos, até a venda para o consumidor. O objetivo das Boas Práticas é garantir a qualidade higiênico-sanitária e a conformidade dos alimentos com a legislação sanitária.
Medidas simples como lavar as mãos e conservar os alimentos em temperaturas adequadas evitam a contaminação destes.


FIQUE ATENTO!!!
Ao freqüentar um estabelecimento de alimento observe se este adota as seguintes boas práticas:
Quanto ao local e serviço:

  • deve estar limpo e organizado. A limpeza do ambiente é importante para prevenir e controlar pragas, como formigas, baratas e ratos;


  • área das mesas e cadeiras bem limpa e organizada;
  • o piso, a parede e o teto devem estar conservados e sem rachaduras, goteiras, infiltrações, mofos e descascamentos;


  • as superfícies que entram em contato com os alimentos, como bancadas e mesas, devem ser mantidas em bom estado de conservação, sem rachaduras, trincas e outros defeitos;


  • a temperatura das estufas, bufês e geladeiras deve estar regulada de forma que os alimentos quentes permaneçam acima de 60ºC, por no máximo 6 horas, e os alimentos frios permaneçam abaixo de 5ºC;


  • os balcões e bufês devem dispor de barreiras de proteção para evitar que os clientes não contaminem os alimentos enquanto se servem;


  • os equipamentos (estufas, balcões, bufês, geladeiras, freezers) devem estar conservados, limpos e funcionando bem; e
  • a área onde se realiza a atividade de recebimento de dinheiro, cartões e outros meios utilizados para o pagamento de despesas, deve ser reservada. Os funcionários responsáveis por essa atividade não devem manipular alimentos.

Quanto ao manipulador de alimentos:
Conceito: 

  • o manipulador de alimentos é qualquer pessoa do serviço de alimentação que entra em contato direto ou indireto com o alimento.
  • deve estar de cabelos presos e cobertos com redes ou toucas, e uniformes limpos;
  • não deve usar adornos (brincos, pulseiras, anéis, aliança, colares, relógio e maquiagem);
  • não deve fumar, comer, tossir, espirrar, cantar, assoviar, falar desnecessariamente ou mexer em dinheiro durante o preparo de alimentos; e
  •  deve lavar cuidadosamente as mãos ao chegar ao trabalho, antes e após manipular alimentos, após qualquer interrupção do serviço, após tocar materiais contaminados, após usar os sanitários e sempre que se fizer necessário.

Quanto aos produtos:
A rotulagem dos alimentos deve conter as seguintes informações: denominação de venda,
lista de ingredientes, prazo de validade, conteúdo líquido, identificação do fabricante,
lote, preço e, quando necessário, instruções sobre preparo e uso do alimento. Além disso,
as embalagens não devem estar sujas, amassadas, estufadas, enferrujadas,
trincadas, furadas, abertas e com outros sinais de alteração. Nas embalagens
transparentes, que permitem visualizar seu conteúdo, observe se os alimentos
apresentam alteração na cor, no aspecto e se há presença de matérias estranhas.


PROVIDÊNCIAS E SUPORTE LEGAL
Código de Defesa do Consumidor art. 6°, I e II; art. 18, §6°, I a III; e art. 31. Resolução - RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004, Cartilha sobre Boas Práticas para Serviços de Alimentação. Publicação: Quem avisa amigo é – a cartilha da vigilância sanitária. Estabelecimentos e produtos com problemas devem ser denunciados à Vigilância Sanitária mais próxima do consumidor. Denúncias também para o e-mail:ouvidoria@anvisa.gov.br ou
http://portal.anvisa.gov.br/wps/portal/anvisa/ouvidoria.Pedidos de informação para a Central de Atendimento da Anvisa – 0800 642 9782. Orientações podem ser obtidas pelo Disque-Intoxicação (0800 722 6001). Mais informações: http://portal.anvisa.gov.br/wps/portal/anvisa/home/alimentos
ANVISA E DPDC – ANO 2. N. 13, DEZEMBRO 2009

ANVISA e Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor

4 comentários:

  1. Oii Ju, excelente postagem, boas dicas p não cairmos em ciladas perigosas na hora de escolher um lugar p fazer uma refeição! bjoooss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Kellen, é bem essa palavra que vc usou: Cilada!!!!
      Na hora da fome as vezes acabamos comendo qualquer coisa em qualquer lugar e literalmente podemos cair numa cilada..

      beiJUs

      Excluir
  2. Ótimas dicas amiga!
    Devemos colocar isso sempre em prática em nossas vidas em todos os lugares que vamos.
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      e o pior é que muitas vezes a gente sabe dessas coisas mas não colocamos em prática no nosso dia-a-dia... Temos mesmo que nos esforçar.

      beiJUs

      Excluir

Deixe sua opinião, recado, comentário... Conte o que achou ou simplesmente fale sobre o assunto!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Twitter